• Laguna News

Moradores de Laguna Carapã reclamam de descaso da Energisa e amargam prejuízos por falta de energia.


Por Simone Burin

Já são constantes as reclamações da população de Laguna Carapã a respeito da má qualidade dos serviços prestados pela Energisa.

Às quedas de energia e oscilação já são uma realidade costumeira na vida dos lagunenses, que reclamam de descaso por parte da concessionária, pois pagam as contas em dia e não recebem um serviço de qualidade.

A reclamação é tanto na zona urbana quanto na rural. Produtores rurais relataram a redação do Laguna News, que constantemente precisam contratar profissionais particulares para reestabelecer a energia elétrica em suas propriedades como forma de diminuir os prejuízos, como é o caso do produtor rural Fabiano Nava, que teve após ficar 3 dias sem energia na Fazenda Primavera, contratou uma empresa particular para resolver o problema, “é uma vergonha, pagamos a energia e não temos o serviço e ainda temos que tirar do próprio bolso para fazer os reparos para termos a energia reestabelecida, o descaso é muito grande”, destacou Fabiano.

Nos últimos dias a situação piorou com os temporais que atingiram a região. Na semana passada, com os ventos e chuva de granizo que atingiram diversas regiões do município, a população ficou “no escuro” por vários dias. Como foi o caso da população do Bocajá, que ficou três dias sem energia elétrica, o que causou muitos prejuízos, inclusive a falta de água em muitas residências.

Na região do Campo Seco, o produtor rural Keio Martins, ficou seis dias sem energia elétrica em sua propriedade na semana passada, o mesmo relatou que ligou diversas vezes para o canal de atendimento da Energisa para conseguir atendimento, tendo diversos protocolos registrados.

Segundo Keio, a rede da região é antiga e as quedas são frequentes, a solução seria renovar toda a rede de distribuição, outro fator causa transtorno é a escassez de pessoal, “o número de equipes que atendem o município é pequeno dada a extensão territorial de Laguna”, pontuou o produtor, que já arcou com grande prejuízo devido à falta de energia, com alimentos estragados, aparelhos eletrônicos queimados além da “dor de cabeça” que o produtor teve que enfrentar para conseguir ser atendido. Nessa semana o produtor já está há 3 dias sem energia na propriedade.

Na cidade a situação não é diferente, após o vendaval da última segunda-feira (26) moradores dos bairros Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora de Caacupê, Vila Sossego e Jardim Itália ficaram mais de 40 horas sem energia elétrica em suas casas. A energia foi reestabelecida na noite dessa terça-feira por vota das 23:00h.

Os moradores entraram em contato com a Redação reclamando da demora do atendimento e do descaso da concessionária, “eu liguei diversas vezes no 080 e me diziam que o problema na minha região já tinha sido resolvido, mas eu continuava sem energia na minha casa, os alimentos que eu tinha na geladeira estragaram todos, inclusive o leite da minha bebê, é uma vergonha”, desabafou uma moradora do bairro Nossa Senhora de Caacupê.

A maioria dos consumidores reclama do prejuízo com os alimentos que estragam na geladeira e até por eletrodomésticos queimados, além dos que ficam sem água pois pedem da energia para retirar água do poço, no caso de chácaras e fazendas.


Produtor Rural teve que contratar empresa particular para reestabelecer energia na propriedade

Produtor Rural teve que contratar empresa particular para reestabelecer energia na propriedade

387 visualizações0 comentário
Fullbanner Site Laguna News formato 900 x 120 px.gif