• Laguna News

Prefeito de Caarapó anuncia gratificação extra de R$ 700 para os profissionais da educação


Prefeito de Caarapó, André Nezzi anunciou gratificação extra de R$ 700 para os profissionais da educação por desempenho no Ideb, além de garantir o reajuste salarial do magistério municipal “em índices não inferiores ao piso nacional”.


O prefeito André Nezzi anunciou na última quinta-feira (24), por ocasião da abertura do ano letivo de 2022, que vai conceder gratificação de caráter extraordinário no valor de R$ 700 aos profissionais da educação municipal. A iniciativa decorre de compromisso assumido pelo dirigente há cerca de dois anos, quando desafiou os integrantes da rede municipal de ensino a “melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb”.

“Vocês não me cobraram, mas eu não esqueço os compromissos assumidos”, disse André Nezzi em discurso na solenidade. “Por isso, diante da melhora dos números do Ideb, resolvi gratificá-los com esse valor, que será pago em parcela única em outubro, mês em que se comemora o Dia do Professor”, acrescentou. O prefeito ainda garantiu o reajuste salarial do magistério municipal “em índices não inferiores ao piso nacional”.

O prefeito de Caarapó continuou a desafiar os profissionais da rede municipal municipal, afirmando que persegue o objetivo de colocar a educação do município entre as cinco melhores do Estado, “e vocês serão os principais responsáveis por isso”, destacou.

Dados referentes a 2019 indicam que Caarapó superou todas as metas relativas ao Ideb, conforme divulgado pelo Ministério da Educação.

De acordo com os números, nos anos iniciais do ensino fundamental, o município atingiu índice 5,7 para uma meta estabelecida de 5,4. Nos anos finais, a meta era de 4,9 e o resultado obtido foi de 4,5. Esse resultado se refere a todas as escolas, incluindo as redes municipal, estadual e particular de ensino.

Quando analisada apenas a rede municipal, os números são integralmente positivos. A Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos superou a meta em 0,4 (obteve resultado de 5,7; meta era 5,3) nos anos iniciais do ensino fundamental. Para os anos finais, os resultados da escola também são positivos: atingiu 5,6, enquanto a meta era 5,5. Já a Escola Municipal Rui Barbosa tinha meta de 5,5 e atingiu 5,6 nos anos iniciais.

No ranking estadual, Caarapó figura em oitavo lugar para os anos finais. Em 2017, era apenas o 47º. Isso significa afirmar que, pela primeira vez na história, o município integra o ranking Top 10 de Mato Grosso do Sul, ganhando 39 posições para o 9º ano.

Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O Ideb é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

O Ideb agrega ao enfoque pedagógico das avaliações em larga escala a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice varia de 0 a 10. A combinação entre fluxo e aprendizagem tem o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no Saeb, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema.

O índice também é importante condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade para a educação básica, que tem estabelecido, como meta para 2022, alcançar média 6 – valor que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável ao dos países desenvolvidos.



27 visualizações0 comentário
CAMARA-LAGUNA-CARAPA-2022-Balanço-das-ações-FULLBANNER-900x120-px.gif