• Laguna News

Primeiras áreas colhidas de milho em Laguna Carapã/MS produziram entre 40 e 70 sacas por hectare


Agora os trabalhos vão entrar nas melhores áreas e a expectativa é fechar a média de produtividade do município entre 80 e 85 sacas. Atividades para a próxima safra de soja 2020/21 já estão acontecendo e produtores esperam iniciar o plantio já em 15 de setembro

Primeiras áreas colhidas de milho em Laguna Carapã/MS produziram entre 40 e 70 sacas por hectare Após começar devagar, na espera da queda da umidade dos grãos, a colheita da segunda safra de milho segue avançando em Laguna Carapã no Mato Grosso do Sul. Até o momento, 30% das lavouras já foram finalizadas. Segundo o técnico agrícola da Casa de Lavoura de Dourados, Antônio Rodrigues Neto, essas foram justamente as áreas que sofreram mais com a seca, ataque de cigarrinhas e pendoamento, produzindo entre 40 e 70 sacas por hectare. Com a entrada das lavouras mais produtivas, a expectativa é fechar a média de produtividade final entre 80 e 85 sacas por hectare. Patamar baixo, mas ainda rentável ao produtor, já que os preços atuais do milho estão de R$ 39,00 e R$ 40,00 a saca. Neto destaca que o custo médio desta safra ficou ao redor de 45 sacas por hectare e, mesmo a negociação antecipada com patamares menores do que R$ 30,00 na troca por insumos, a safra deve ser positiva. Os produtores aproveitam o clima seco para também avançar na dessecação das áreas já colhidas visando controle de ervas daninhas antes do próximo plantio da soja 2020/21. A expectativa é iniciar a semeadura já em 15 de setembro, caso as condições climáticas sejam favoráveis. Confira a íntegra da entrevista com o técnico agrícola da Casa de Lavoura de Dourados no vídeo.




Por: Guilherme Dorigatti

Fonte: Notícias Agrícolas

18 visualizações
Site Laguna News-900x120px.gif
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 Laguna News. Orgulhosamente criado com Wix.com